quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Canoagem - classificações finais

Circuito Regional de Kayak Mar 2008

Classificação aventura
- K1 Cadete - Marco Silva - 35 pontos - 7.º
- K1 Veterano A - David Pereira - 396 pontos - 1.º
- Clube Naval da Calheta - 431 pontos - 3.º

Classificação evolução
- K2 Sénior - João Alves / Javier Cañizales - 91 pontos - 3.º
- K2 Júnior - Roberto Mendez / Cristopher Rocha - 27 pontos - 8.º
- Clube Naval da Calheta - 229 pontos - 6.º

Classificação Colectiva do Circuito Regional de Kayak Mar 2008
- Clube Naval da Calheta - 660 pontos - 4.º

Troféu SIPRE Madeira 2008

Classificação evolução
- K1 Sénior - Javier Cañizales - 0 pontos
- K2 Sénior - João Alves / Javier Cañizales - 91 pontos - 3.º
- K 2 Sénior - Javier Cañizales / Allison Rodrigues - 0 pontos
- K2 Júnior - Roberto Mendez / Cristopher Rocha - 27 pontos - 8.º
- K2 Cadete Misto - Helen Foot / Marco Silva - 132 pontos - 3.º
- Clube Naval da Calheta - 250 pontos - 6.º

Classificação Colectiva do Troféu SIPRE Madeira 2008
- Clube Naval da Calheta - 283 pontos - 7.º

No próximo dia 14 de Novembro será realizada a Gala dos Campeões.

Regata de Câmara de Lobos

O passado dia 12 de Outubro marcou o fim do Troféu SIPRE Madeira 2008 e do Circuito Regional de Kayak Mar, naquela que foi a IX Etapa desta competição, assinalando também o Dia do Concelho de Câmara de Lobos.
Esta derradeira etapa, que se iniciou pelas 10h30 do dia 12 de Outubro (Domingo) na Baía de Câmara de Lobos, contou com 70 inscritos, estando presentes sete clubes, Clube Naval do Funchal, Clube Naval da Calheta, Clube Naval do Seixal, Clube Força 5 Madeira, Centro Treino Mar, Clube Desportivo do Garachico e Associação Náutica da Madeira.
Os escalões de Séniores e Juniores tiveram que percorrer 12 Km, enquanto os escalões de Cadetes e Veteranos apenas percorreram 8 Km.
De referir que a reunião de delegados teve lugar às 9h30 nas instalações do Clube Desportivo do Garachico (Antigas Finanças).
Destacamos o 3.º lugar da tripulação de K2 Cadete Misto, composto pela Helen Foot e o Marco Silva; bem como o 1.º lugar alcançado pelo David Pereira em K1 Veterano.
O Clube Naval da Calheta arrecadou 21 pontos.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Regata da Calheta

Realizou-se no passado sábado dia 4 de Outubro a Regata da Calheta, prova que constituiu a VIII etapa do Troféu SIPRE Madeira 2008, integrada no Circuito Regional de Kayak Mar 2008.
A prova contou com a presença de 41 canoístas em representação do Clube Desportivo Garachico, Centro Treino Mar, Clube Naval do Seixal, Clube Naval do Funchal, Clube Força 5 Madeira e Clube Naval da Calheta.
Pela primeira vez realizamos uma largada da areia, o que deu um maior espectáculo e envolvência à prova, cujo percurso foi uma ida até ao Jardim do Mar e Paúl do Mar, consoante os escalões, onde efectuavam a rondagem de uma bóia e retornavam à praia da Calheta.
Seguiu-se a entrega de prémios no Clube Naval da Calheta.
Nos K2 Júnior Masculino a tripulação constituída pelo Roberto Mendez e Christopher Rocha, do CNC ficaram no 3.º lugar;

Nos K2 Cadete Misto a tripulação constituída pela Helen Foot e Marco Silva, também do CNC ficaram no 3.º lugar;

Nos K1 Veteranos o David Pereira voltou a ascender ao lugar mais alto do pódio.










Trabalho de uns "amigos" do CNC

No passado mês de Setembro aquando da realização de um treino, junto ao Jardim do Mar, uma tripulação do CNC viu a sua embarcação virada, por acção da ondulação que se registou no momento, tendo assegurado a sua integridade física e não existindo condições que o permitissem, não recolheram no momento o kayak.

Posteriormente verificou-se que a embarcação tinha desaparecido, sem contudo, deixar qualquer rasto no calhau.

Alguns dias depois fomos informados que a embarcação tinha sido retirada do calhau e posteriormente vandalizada em terra.

As fotos mostram o estado em que fomos encontrar o kayak, escondido atrás da Promenade do Jardim do Mar.

Palavras para quê...



quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Regata Festa das Vindimas

Realizou-se no passado dia 28 de Setembro a Regata Festa das Vindimas, prova organizada pelo Clube Naval do Seixal e pela Associação Regional de Canoagem da Madeira, pontuável para o Circuito Regional de Kayak Mar, sendo a sua VII Etapa e Troféu SIPRE Madeira 2008.
A prova contou com a participação de atletas dos 7 clubes regionais envolvidos na competição, contando com um total de 98 atletas, divididos em 62 tripulações.
Nos K2 Sénior a tripulação do Clube Naval da Calheta composta pelo João Alves e Javier Cañizalez ficaram em 5º lugar, arrecadando 14 pontos.
Nos K2 Júnior a tripulação do CNC composta pelo Roberto Mendez e Cristopher Rocha ficaram em 3º lugar.
Nos K2 Cadete Misto a tripulação do CNC composta pela Helen Foot e Marco Silva ficaram também em 3º lugar , tendo arrecadado 21 pontos.
Nos K1 Veteranos o David Pereira voltou a vencer, conseguindo os 33 pontos.
Em termos colectivos o Clube Naval da Calheta somou 35 pontos.
No dia 4 de Outubro realiza-se a Regata da Calheta, pelas 15:00 horas, na Calheta, com largada na areia e um percurso até ao Jardim do Mar para cadetes e veteranos e até ao Paúl do Mar para os restantes.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

FUNCHAL 500 TALL SHIPS REGATTA 2008

A Regata FUNCHAL 500 TALL SHIPS REGATTA 2008 já está no mar, para obter mais informações vá a um dos seguintes sites www.funchal500anos.com/tallshipsrace/ ou www.tallshipsraces.com/funchal500/ e obtenha informação actual e completa sobre a regata.
Do programa no Funchal destacamos:
02 de Outubro
10H00/12H00 - Visitas aos navios
10H00/12H00 - Animação do Porto
14H00 - Cerimónia de Abertura – South Quay
18H00/21H00 - Visita aos navios
18H00/21H00 - Animação do Porto
21H35/23H00 - Espectáculo

03 de Outubro
10H00/12H00 - Visitas aos navios
10H00/12H00 - Animação do Porto
18H00/21H00 - Visita aos navios
18H00/21H00 - Animação do Porto
17H15/17H25 - Concentração para a Parada
17H30/17H55 - Crew’s Parade
18H00/18H45 - Prize Giving – Praça do Município

04 de Outubro
10H00/12H00 - Visitas aos navios
10H00/12H00 - Animação do Porto
18H00/21H00 - Visita aos navios
18H00/21H00 - Animação do Porto
22H00 - Fogo de Artifício
05 de Outubro
10H00 - Ships Undocking
13H00 - Sail Parade

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Triatlo Cidade de Machico

Vanessa Fernandes e João Silva vencem na Madeira
João Silva junta vitória absoluta ao título de Campeão Nacional Júnior. Anaís Moniz Campeã Nacional Júnior. Colectivamente o Halcon-Sportzone-Olímpico de Oeiras venceu em masculinos e femininos. Tiago Abreu Silva e Ana Perestrelo (CNC) sagram-se Campeões Regionais.
O Ludens Machico Clube organizou a VI edição do Triatlo Cidade de Machico. A prova foi pontuável para a Taça de Portugal (décima etapa) e, em simultâneo, Campeonato Nacional de Triatlo Júnior e Campeonato Regional da Madeira.
Prova Masculina
Individualmente a vitória coube a João Pedro Silva (Halcon-Sportzone-Olímpico de Oeiras) com um tempo final de 1h02m27s. Na segunda posição ficou João Pereira (Alhanda Sporting Clube) a um minuto do vencedor. Enquanto que Hugo Ventura (Halcon-Sportzone-Olímpico de Oeiras) completou o pódio a 1m49s do vencedor.Com este resultado João Pedro Silva inscreveu uma linha mais no seu currículo, sagrando-se Campeão Nacional Júnior, apenas uma semana depois de conquistar o título de Campeão da Europa Sub23.
A vitória nas equipas masculinas coube ao Halcon-Sportzone-Olímpico de Oeiras, seguido pelo Alhandra Sporting Clube e Clube de Natação do Cartaxo.
Prova Feminina
No seu regresso às competições nacionais, Vanessa Fernandes (SL Benfica) venceu relegando Anaís Moniz (CF 'Os Belenenses') para a segunda posição e Mariana Costa para a terceira (Halcon-Sportzone-Olímpico de Oeiras).Com este resultado, Anaís Moniz sagra-se Campeã Nacional de Triatlo no Escalão Júnior.
Colectivamente a vitória coube ao novamente ao Halcon-Sportzone-Olímpico de Oeiras, seguido pelo Alhandra Sporting Clube e Ginásio Clube de Sines.

Campeonato Regional da Madeira
Em disputa neste fim-de-semana estiveram ainda os títulos regionais de Triatlo. O especialista em Duatlo - que se prepara para dentro de duas semanas representar Portugal nos mundiais de Duatlo - Tiago Abreu Silva (Ludens Clube de Machico) voltou a sagrar-se Campeão Regional. Na segunda posição ficou João Baptista (Ludens Clube de Machico) e Carlos Nóbrega (Clube Futebol Andorinha) na terceira.
Nas senhoras Ana Perestrelo (Clube Naval da Calheta) venceu, seguida por Raquel Franco (Clube Atletismo do Funchal).
Colectivamente o título regional coube ao Ludens Machico Clube.
x=x=x=x=x=x
Atletas do CNC
A atleta do Clube Naval da Calheta acabou a prova no 14.º da classificação individual absoluta nacional dos femininos e em 1.º no escalão feminino e na classificação individual absoluta regional.
Na classificação por escalões nos seniores masculinos o Ricardo Gouveia classificou-se em 3.º; nos Sub-23 o Rúben Pedro classificou-se também em 3.º lugar.
Na classificação individual absoluta regional o Ricardo Gouveia classificou-se em 5.º, garantindo assim a possibilidade de disputar o Campeonato Nacional; o Rúben Pedro classificou-se em 19.º lugar.

XII Volta ao Porto Santo em Kayak

XII Volta ao Porto Santo em Kayak/Porto Santo Line

O passado sábado ficou marcado pela realização da XII Volta ao Porto Santo em Kayak/Porto Santo Line, que ficou marcada pelas condições adversas que os canoístas tiveram que enfrentar no mar da Ilha Dourada.
A prova que estava inicialmente agendada para circundar a Ilha, foi apenas realizada na Zona Sul dadas as condições que se faziam sentir na Zona Norte.
Assim a primeira etapa foi Cais - Boqueirão de Cima, a segunda etapa Boqueirão de Cima - Calheta e a última etapa a ter que ser realizada entre a Marina do Porto Santo - Cais.
Desta forma passamos a destacar os vencedores desta prova que foi um teste à destreza e resistência de todos os participantes.
K1 Cadete
Class. Tripulação Clube Pontos
1º Rúben Freitas CDG 66
2º Claudio Jardim CDG 54
3º Diogo Andrade CNS 42
K2 Cadete
Class. Tripulação Clube Pontos
1º Ricardo Rodrigues/José Rocha CDG 66
K2 Cadete Misto
Class. Tripulação Clube Pontos
1º André Cabral/Cristina Fernandes CNS 66
2º Helen Foot/Marco Silva CNC 27
3º Rubina Oliveira/Paulo Lima CDG 21
K1 Júnior
Class. Tripulação Clube Pontos
1º Célio Alves CDG 99
K2 Júnior
Class. Tripulação Clube Pontos
1º Pedro Agrela/Marco Macedo CTM 99
2º José Oliveira/José Freitas CDG 27
3º Roberto Mendez/Christopher Rocha CNC 21
K1 Sénior
Class. Tripulação Clube Pontos
1º Nélson Abreu CNS 99
2º Gil Silva CTM 27
K2 Sénior
Class. Tripulação Clube Pontos
1º João Câmara/Fernando Costa CNF 99
2º Fábio Lucas/João Ferreira CNS 54
3º João Alves/Javier Cañizales CNC 21
K2 Sénior Misto
Class. Tripulação Clube Pontos
1º Tiago Cabral/Barbara Caires CNS 66
2º António Cabral/Catalina Figueira CNS 33
3º Simão Branco/Ana Goes CNS 27
K1 Veterano
Class. Tripulação Clube Pontos
1º Alberto Pereira CNC 99

No que diz respeito à classificação colectiva os resultados foram os seguintes:
Class. Clube Pontos
1º Clube Naval do Seixal 162
2º Clube Desportivo do Garachico 114
3º Centro Treino Mar 99
4º Clube Naval do Funchal 99
5º Clube Naval da Calheta 69

Miss Praia Calheta 2008


Miss Praia Calheta 2008
Decorreu no sábado passado a eleição da Miss Praia Calheta 2008, evento que teve lugar na Praia da Calheta, este ano integrada no 1.º Festival do Marisco da Calheta.




Na sequência da apresentação da véspera que teve lugar no Art Caffe, apresentaram-se a concurso 12 beldades.


O evento foi organizado pelo Clube Naval da Calheta, em parceria com o Art Caffé, a Câmara Municipal da Calheta, a Rádio Calheta e a Fashion Model - Escola Profissional de Modelos Infantis.


Durante o evento as candidatas efectuaram três desfiles: um em roupa casual da loja Centro Laranjeiras, outro em biquíni e um outro com modelos originais da criadora madeirense Rita Pessanha.


Jessica Andrade, de 15 anos, natural do Paúl do Mar, foi eleita Miss Praia Calheta 2008, sucedendo assim a Ilda Ventura, Miss Praia Calheta 2007.

No decorrer do espectáculo foram ainda eleitas Nicole Agrela (1ª Dama), Sofia Gouveia (2ª Dama) e Sónia Gouveia (Miss Simpatia). Curiosamente, Jessica Andrade foi eleita igualmente Miss Fotogenia, amealhando assim dois títulos no concurso.

Depois da eleição, a animação continuou na frente-mar da Calheta com a actuação de Ricardo Soler ('Operação Triunfo'), 'apoiado' pela inseparável cantora porto-santense Denisa Silva.
1.ª Dama de Honor
2.ª Dama de Honor

Miss Simpatia

Miss Fotogenia

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Circuito Regional de Triatlo

Rankings Finais do Circuito Regional de Triatlo

Com a disputa do “I Aquatlo de Santa Cruz”, última prova pontuável para o Circuito Regional de Triatlo da Madeira/2008, estão encontradas as classificações absolutas e por categorias, das 6 provas disputadas.

Lembramos que falta ainda o “Triatlo Cidade de Machico”, mas que pelo facto desta competição ser Campeonato Regional da Madeira de Triatlo, não pontua para o Ranking Regional. Relativamente ao Ranking do Circuito Regional Jovem, o “Aquatlo Jovem Cidade de Machico” pontuará ainda para esta classificação.

Assim, os melhores classificados a nível absoluto foram os seguintes:
Masculinos:
Filipe Baptista (Ludens Machico) - 720 pontos
Carlos Duarte Nóbrega (Andorinha) - 635 pontos
Paulo Margarido (Ludens Machico) - 572 pontos
Femininos:
Ana Cristina Perestrelo (Clube Naval Calheta) - 600 pontos
Raquel Franco (Centro Atletismo Funchal) - 140 pontos
Por categorias, tivemos como melhores os seguintes atletas:
Juniores:
Celso Nóbrega (Clube Naval Funchal) - 600 pontos
Miguel Cândido (Andorinha) - 420 pontos
Francisco Correia (Andorinha) - 385 pontos
Sub-23
Filipe Baptista (Ludens Machico) - 730 pontos
Rúben Pedro (Clube Naval Calheta) - 400 pontos
Tiago Silva (Ludens Machico) - 300 pontos
Seniores:
Carlos Duarte Nóbrega (Andorinha) - 685 pontos
Roberto Lúcio (Clube Aventura) - 635 pontos
Duarte Martins (Andorinha) - 456 pontos
Vet.I:
Paulo Margarido (Ludens Machico) - 750 pontos
João Carlos Neves (CDC Porto Moniz) - 655 pontos
Gil Hamilton Freitas (Ludens Machico) - 390 pontos
Vet.II:
Joaquim Fernandes (Andorinha) - 740 pontos
Óscar Pereira (Clube Aventura) - 635 pontos
Francisco Viveiros (Clube Montanha) - 560 pontos
Vet. III:
Adelino Carvalho (Ludens Machico) - 750 pontos
Sénior feminino:
Cristina Perestrelo (Clube Naval Calheta) - 600 pontos
Raquel Franco (Centro Atletismo Funchal) - 140 pontos
*****
No tocante em exclusivo aos atletas do Clube Naval da Calheta destacamos, como não poderia deixar de ser, a vitória da Cristina Perestrelo.
Destaque ainda para a prestação do atleta da Calheta, Ruben Pedro, que conseguiu um excelente 2.º lugar na sua categoria, logo atrás de um atleta que, ou ganhou ou ficou em 2.º lugar em todas as provas do Circuito Regional e à frente de um outro atleta que integra a Selecção Nacional.
Saliente-se ainda o 6.º lugar do Luís Rocha, o 9.º do Ricardo Gouveia, o 17.º do Ricardo Paixão e o 18.º do João Alves, todos na categoria senior. Estas posições terão de ser compreendidas no âmbito da prestação ao longo de todas as provas do Circuito Regional, uma vez que nenhum dos atletas do Clube Naval da Calheta participou em todas as provas, nomeadamente o Ricardo Paixão participou apenas em 2 provas e o Ricardo Gouveia em apenas 3 provas.

Campeonato Regional de Parapente

Realizou-se no passado fim de semana a 3.ª Prova do Campeonato Regional de Parapente - Torneio de Parapente da Ponta do Sol. Foi um fim de semana recheado de competição com duas mangas que resultaram em cheio, provocando grandes mudanças na classificação geral.

O piloto do Clube Naval da Calheta, Miguel Sá, foi o grande vencedor da prova, fruto do segundo lugar na manga de Sábado (6/Set) e do primeiro lugar na manga de Domingo (7/Set), o que o fez subir para um brilhante segundo lugar no Campeonato Regional.
De salientar também a prestação do piloto Nuno Caçador do Clube Naval da Calheta que conseguiu um meritório quinto lugar nesta prova estando também na mesma posição no Campeonato Regional.

Com esta terceira prova, o campeonato chega a metade e permanece totalmente em aberto, continuando a ser possível a qualquer um dos cinco primeiros classificados atinguir o ambicionado título de Campeão Regional, uma vez que a diferença pontual entre o primeiro e o quinto pode ser recuperada em apenas uma manga.

A classificação do campeonato neste momento é a seguinte:

1.º Justino Nobrega (CSD Câmara de Lobos)
2.º Miguel Sá (Clube Naval da Calheta)
3.º Sergio Gouveia (CSD Câmara de Lobos)
4.º Renato Nobrega (Ludens Clube de Machico)
5.º Nuno Caçador (Clube Naval da Calheta)


Na primeira manga do Torneio da Ponta do Sol os resultados foram:
1.º Sérgio Gouveia (CSD Câmara de Lobos)
2.º Miguel Sá (Clube Naval da Calheta)
3.º Justino Nobrega (CSD Câmara de Lobos)
4.º Nuno Caçador (Clube Navel da Calheta)
5.º Ruben Teixeira (Ludens Clube de Machico)

Na segunda manga do Torneio da Ponta do Sol os resultados foram:
1.º Miguel Sá (Clube Naval da Calheta)
2.º Justino Nobrega (CSD Câmara de Lobos)
3.º Sérgio Gouveia (CSD Câmara de Lobos)
4.º Renato Nobrega (Ludens Clube de Machico)
5.º Décio Abreu ( CSD Câmara de Lobos)

Em termos de classificação colectiva, ainda não foram apurados os resultados oficiais de Agosto, mas a Liga Madeira continua muito disputada estando o CSD Câmara de Lobos e o Clube Naval da Calheta em disputa pelo primeiro lugar.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Miguel Sá do CNC vence o Torneio Parapente Ponta do Sol

Decorreu durante o fim de semana a 3.ª Prova do Campeonato da Madeira de Parapente, evento denominado por ‘Torneio de Parapente da Ponta do Sol’ numa organização da A.V.L.M. – Associação de Voo Livre da Madeira com o apoio da VITALIS, onde participaram 17 pilotos distribuídos pelo: Ludens Clube Machico, AAUMa, CSD Câmara de Lobos, Clube Naval Calheta e Clube Naval Seixal.

No sábado realizou-se a 1.ª manga com descolagem nos Canhas e aterragem na Madalena do Mar, num percurso total de 12,3kms, com o tipo de prova ‘corrida cronometrada’, verificando alguma estabilidade atmosférica, pois esteve um dia com muito sol, vencendo o piloto do CSD Câmara de Lobos Sérgio Gouveia com 781 pontos.

No domingo, o dia esteve mais instável, dificultando a tarefa dos pilotos, verificando-se inclusivamente uma pequena precipitação, mas nada que impedisse os participantes de efectuarem um percurso de 11,1kms, ganha pelo piloto do Clube Naval da Calheta Miguel Sá e Sousa com 567 pontos.

Após os dois dias de prova, o Torneio de Parapente da Ponta de Sol edição 2008, foi ganho pelo piloto da costa oeste Miguel Sá e Sousa do Clube Naval da Calheta com 1.314 pontos, seguido por Sérgio Gouveia do CSD Câmara de Lobos com 1.111 pontos e a fechar o pódio ficou o seu colega de equipa Justino Nóbrega com 1.042 pontos.


Nos femininos Susana Nóbrega do Ludens Clube Machico e Carla Garcês da AAUMa partilharam o pódio ambas com 2 pontos.


Por clubes, o CSD Câmara de Lobos foi o grande vencedor com 2.448 pontos, em 2.º lugar ficou o Clube Naval da Calheta com 1.939 pontos e em 3.º lugar o Ludens Clube Machico com 1.117 pontos.


Com a realização desta prova, houve grandes alterações na tabela classificativa do Campeonato Regional de Parapente, agora liderada pelo câmara-lobense Justino Nóbrega com 1.509 pontos, seguido por Miguel Sá e Sousa do Clube Naval da Calheta com 1.488 pontos e em 3.º lugar encontra-se Sérgio Gouveia do CSD Câmara Lobos com 1.415 pontos.


A próxima prova do regional esta marcada de 02 a 05 de Outubro, evento de âmbito internacional denominado por ‘IV Meeting de Parapente da Madeira’ que para além da vertente competitiva terá uma vertente de lazer, associando-se desta forma as festividades do ‘Funchal 500 Anos’ no evento Tall Ships Race, onde se pretende bater o recorde regional do maior número de asas de Parapente no ar a colorir os céus da Madeira.

1.º Festival de Marisco da Calheta









domingo, 31 de agosto de 2008

Miss Praia Calheta 2008

O concurso de eleição da Miss Praia Calheta 2008 terá lugar no próximo dia 13 de Setembro, desta feita na Praia da Calheta, num evento integrado no 1.º Festival do Marisco, que decorrerá nesse mesmo espaço entre os dias 12 e 14 de Setembro.

Uma vez mais decorrerá no Art Caffé a apresentação das concorrentes no dia 12 de Setembro, no dia seguinte, na Praia da Calheta, terá lugar a eleição da Miss Praia Calheta 2008, bem como as demais eleitas.

As interessadas poderão inscrever-se pelo 967100780, clube_naval_calheta@hotmail.com, Rádio Calheta, Marlene Cabeleireiro - Arco da Calheta, Art Caffe e Lojas Multimédia da Câmara Municipal da Calheta.

I Aquatlo de Santa Cruz

O Clube Naval da Calheta voltou a marcar presença em mais uma prova do regional de triatlo, desta feita o I Aquatlo de Santa Cruz, onde participou, com a sua equipa um pouco desfalcada, contando apenas com a presença do Ricardo Gouveia, do Ruben Pedro e da Cristina Nascimento.
Apesar disso, em termos colectivos a equipa do CNC conseguiu o 4.º lugar, com 1:58:17.
Individualmente destacamos a vitória da Cristina Nascimento, que voltou a vencer na categoria feminina, com o tempo de 41:28; destacamos ainda a prestação do jovem Ruben Pedro que voltou a ser o 2.º na categoria sub-23, com o tempo de 40:24; por último destacamos a prestação do Ricardo Gouveia que foi 4.º nos seniores, com o tempo de 35:25.
- - -
No I Aquatlo de Santa Cruz, prova disputada nas distâncias de 750 metros de natação (2 voltas) e 5000 metros de corrida (2 voltas), a expectativa era grande. O segmento de natação foi dominado por 2 atletas, Gonçalo Nuno Araújo (veterano II não federado) e Filipe Baptista (sub-23 do Ludens), que chegaram ao parque de transição com alguma vantagem. Surgiam depois André Ferreira (júnior do Andorinha), Roberto Lúcio (sénior do Clube Aventura) e finalmente Duarte Nóbrega (sénior do Andorinha), que sendo um dos triatletas mais fortes no segmento de corrida, poderia ainda lutar pelos lugares da frente. Filipe Baptista, campeão nacional de Aquatlo no escalão de sub-23, acabou por gerir a vantagem até final, com Duarte Nóbrega e recuperar muitas posições, mas a não ser suficiente para anular os 16 segundos que o separaram do vencedor. Roberto Lúcio foi 3º, com Paulo Margarido (1º Veterano I) a recuperar também muitas posições na corrida final, terminando na 4ª posição, muito próximo do pódio. André Ferreira, apesar de ter perdido algumas posições na corrida, venceu no escalão júnior, enquanto Gonçalo Araújo era o melhor Veterano II (bateu Francisco Viveiros, do Clube de Montanha do Funchal, o melhor federado deste escalão) e também o primeiro dos não-federados, com a 6ª posição da geral absoluta. Sérgio Pestana (senior) e Remígio Rodrigues (vet.I) foram outros dois atletas não-licenciados com excelentes prestações. Manuel Carvalho (Ludens) foi novamente o vencedor nos Vet.III, enquanto Cristina Nascimento (Clube Naval da Calheta) vencia uma vez mais entre as senhoras. Iolanda Henriques e Tânia Abreu foram as melhores senhoras entre as não-licenciadas. Nas estafetas, a equipa dos Horários do Funchal, composta por Fábio e António Gonçalves foi a vencedora, seguida pelas duplas Débora Pereira/Filipe Ferreira e Vanessa Silva/Narciso Fernandes. Destaque especial para a crescente participação de atletas veteranos no Circuito Regional, de que foi um excelente exemplo nesta prova o desempenho do veterano IV Maurício Branco.
Colectivamente, estreia no lugar mais alto do pódio do Clube de Futebol Andorinha, que destronou o Ludens de Machico, com a 3ª posição a pertencer ao Clube Aventura da Madeira.

Parapente - Formação

No dia 22 de Agosto, 4 pilotos do Clube Naval da Calheta foram aprovados no exame nacional de Parapente - nível 4.

Os pilotos são: Alexandre Nogueira, Duarte Gouveia, Evandro Amaro e Sergio Rodrigues.

Na modalidade de parapente é exigida a aprovação na prática e num exame teórico para poder iniciar a prática da modalidade de forma autónoma (nível 3) e também para poder participar na competição (nível 4).

Com a aprovação na componente teórica do nível 4, fica a faltar o exame prático de nível 4 para que estes pilotos possam participar na competição regional e, num futuro próximo, nacional.

Actualmente o Clube Naval da Calheta tem três pilotos de nível 4, pelo que a passagem destes quatro pilotos para o nível superior é uma grande evolução para esta modalidade no clube.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Curso de mergulho

O Clube Naval da Calheta tem inscrições abertas para um curso de mergulho, a realizar este Verão.
Podes inscrever-te através do nosso e-mail clube_naval_calheta@hotmail.com, bem como através do 967 100 780, ou então dirige-te pessoalmente ao clube.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Parapente - Formação

Na próxima sexta-feira, dia 22 de Agosto, 4 pilotos de parapente do Clube Naval da Calheta, a saber o Duarte Gouveia, o Evandro Amaro, o Alexandre Nogueira e o Sergio Rodrigues, irão realizar o exame teórico de nível 4.
Este constitui um passo importante para os pilotos, por forma a possibilitar um incremento no nível dos pilotos, bem como na própria formação desportiva.
A todos votos de boa sorte!!!
Ainda antes, no dia 21 de Agosto, se estiver na cidade do Funchal não deixe de olhar para os céus, pois vários pilotos de parapente, nos quais se incluem alguns do Clube Naval da Calheta, irão participar nas comemorações dos 500 anos da cidade do Funchal.
E bons voos!!!

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Parapente - ranking do mês de Julho

A Associação de Voo Livre da Madeira - AVLM, publicou o ranking do parapente regional, relativo ao mês de Julho.

Destacam-se as prestações individuais, durante o mês de Julho, dos pilotos do Clube Naval da Calheta: Alexandre Nogueira e Evandro Amaro.

Com base nisso o Clube Naval da Calheta ficou, no mês de Julho, em 2.º lugar do ranking por clubes.

A nível geral o Clube Naval da Calheta manteve e consolidou o 1.º lugar do ranking colectivo, até à data e o piloto do clube Nuno Caçador manteve o 3.º lugar do ranking individual.

Segue-se a informação com os respectivos links.

No mês de Julho a Liga Madeira apurou os seguintes resultados inviduais e colectivos

Liga da Madeira - Julho - Resultados Individuais
1.º Jorge Abreu - CSD Câmara de Lobos (9.798 pontos)
2.º Alexandre Nogueira - Clube Naval da Calheta (9.353 pontos)
3.º Evandro Amaro - Clube Naval da Calheta (4.248 pontos)

Liga da Madeira - Julho - Resultados Colectivos
1.º CSD Câmara de Lobos (16.121 pontos)
2.º Clube Naval da Calheta (15.983 pontos)
3.º Ludens Clube Machico (5.587 pontos)

Com base nestes resultados o ranking regional passa a ser oficialmente o seguinte:

1.º Renato Nobrega - Ludens Clube Machico (494,000 pontos)
2.º Justino Nobrega - CSD Câmara de Lobos (469,279 pontos)
3.º Nuno Caçador - Clube Naval da Calheta (325,000 pontos)

1.º Clube Naval da Calheta (43.957 pontos)
2.º CSD Câmara de Lobos (37.059 pontos)
3.º Ludens Clube Machico (8.092 pontos)

Todos estes conteúdos estão acessíveis através da página no site da AVLM.

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Triatlo 500 Anos do Funchal

Realizou-se no passado dia 26 de Julho o Triatlo "Funchal 500 Anos", que se disputou na distância olímpica, num percurso montado na baixa funchalense.


O Clube Naval da Calheta esteve representado apenas por dois atletas, em virtude de algumas lesões que afectam os triatletas do clube e o facto de outros encontrarem-se de férias fora da Região.


Assim o Luís Rocha realizou o percurso em 2h:38m:16s, terminando em 15.º da classificação geral e em 8.º da respectiva categoria.



A Cristina Nascimento realizou o percurso em 3h:06m:48s, terminando em 31.º da classificação geral, mas vencendo na respectiva categoria.



Teve lugar, ao final da tarde de ontem, o Triatlo Olímpico “Funchal 500 Anos”, competição pontuável para o Circuito Regional de Triatlo da Madeira, organizada pela Delegação Regional de Triatlo da Madeira e pela Comissão dos 500 Anos da Câmara Municipal do Funchal, com os apoios do Clube Naval do Funchal, Coca-Cola/Powerade e Leça & Fernandes.
Junto ao cais da cidade, marcaram presença 63 atletas: 33 realizaram a prova individualmente, enquanto 30 compuseram as 10 equipas de estafeta participantes. Esta foi, para muitos dos atletas regionais, a primeira experiência na distância olímpica (1500 metros de natação, 40 Km de ciclismo e 10 Km de corrida).
Na praia do Funchal, junto ao cais da cidade, foi dada a partida, pelas 19h00, para a primeira de 3 voltas de 500 metros. Duarte Mendonça (Ludens de Machico) assumiu a liderança no 1º segmento, chegando ao parque de transição com 17:32. Emanuel Gonçalves (equipa de estafeta do Clube de Montanha do Funchal) era o segundo, com 18:19, seguido de Cláudio Freitas (estafeta do CAF/Grupo Sá), com 19:15. Na competição individual, Celso Nóbrega (júnior do Clube Naval do Funchal) era 2º (20:12), trazendo consigo Filipe Baptista (sub-23 do Ludens). Tiago Silva (sub-23 do Ludens), um dos principais candidatos à vitória final, surgia no parque de transição na 10ª posição, com 23:29.
No segmento de ciclismo, as estafetas recuperaram com naturalidade várias posições, com Ricardo Abreu (equipa A do Andorinha) a anular a desvantagem, chegando ao parque de transição com Vitor Fernandes (Clube Montanha). Na competição individual, Filipe Baptista alcançou Duarte Mendonça na 6ª volta, assumindo a liderança da prova, mas viria a ser alcançado já na 8ª e última volta por Tiago Silva, que realizou um ciclismo de muito bom nível. Celso Nóbrega era 3º no parque de transição, seguido de Duarte Mendonça e de João Viveiros (Ludens), que com um bom parcial de ciclismo ultrapassou Roberto Lúcio (Clube Aventura da Madeira).
Face a este cenário, estava encontrado o vencedor final, com Tiago Silva a aumentar a diferença na corrida final para Filipe Baptista , vencendo com o bom tempo final de 2h09m52s. Baptista foi 2º em 2h14m25s, enquanto Celso Nóbrega quedava-se pela 5ª posição, sendo alcançado por Duarte Mendonça e Carlos Duarte Nóbrega (Andorinha), 3º e 4º respectivamente. Paulo Margarido (Ludens) vencia os veteranos I com 2h20m19s, na 6ª posição da geral individual absoluta, enquanto nos veteranos II, a decisão ficou adiada para o sprint na recta da meta, com Joaquim Fernandes (Andorinha) a bater Francisco Viveiros (Clube de Montanha do Funchal). Nos veteranos III, Manuel Carvalho vencia uma vez mais, com Cristina Nascimento (Clube Naval da Calheta) a vencer no sector feminino. Por equipas, vitória do Ludens Clube de Machico, seguido do Clube Futebol Andorinha e Clube Aventura da Madeira.
Nas estafetas, a vitória acabou por ser da equipa A do Andorinha, com Carlos Ramos a superiorizar-se a Nuno Gonçalves (Clube Montanha), com a equipa B do Andorinha a ser 3ª classificada e o CAF/Grupo Sá na 4ª posição.
A próxima competição regional será o Aquatlo de Santa Cruz, a disputar no dia 31 de Agosto, composto por 750 metros de natação e 5 Km de corrida, prova que integrará também o Aquatlo Jovem, destinado aos escalões de formação. Nos dias 13 e 14 de Setembro, será então a vez do Triatlo de Machico, competição pontuável para a Taça de Portugal de Triatlo, e que deverá contar uma vez mais com alguns dos principais nomes do triatlo nacional.
Mais informações em http://www.triatlomadeira.com/

terça-feira, 22 de julho de 2008

III Open Internacional de Parapente Mirandela 2008

Uma comitiva de atletas de parapente, da Região Autónoma da Madeira, nos quais se inclui o piloto do Clube Naval da Calheta, Nuno Caçador, participam no III Open Internacional de Parapente de Mirandela 2008.


2.ª Prova do Campeonato Nacional de Parapente
Numa organização da Federação Portuguesa de Voo Livre e do Aeroclube de Mirandela, decorre desde ontem (sábado) até a próxima terça-feira na Serra de Santa Comba e Serra dos Passos, a 2.ª Prova do Campeonato Nacional de Parapente, evento denominado por ‘III Open Internacional de Parapente de Mirandela’ com direcção técnica da escola nacional WIND.
Nesta prova, os pilotos pontuam para diversas classes, nomeadamente: Open Class, Serial Class, Sport Class, Jovens Competidores, Marters Class e Feminos.
No que diz respeito a prova, participam cerca de 70 pilotos divididos por 17 clubes, onde a Madeira está representada pelos pilotos do CSD Câmara de Lobos e Clube Naval da Calheta.
Representam o CSD Câmara de Lobos os pilotos: Américo Sousa, Cláudio Virgílio, Cristiano Pereira, Décio Abreu, Justino Nóbrega, Nuno Gomes, Nuno Virgílio e Pedro Galvão e pelo Clube Naval da Calheta o piloto Nuno Caçador.
Ontem realizou-se a primeira manga com um percurso de 43,2kms, tipo Race To Goal, onde o grande vencedor foi o piloto do CSD Câmara de Lobos Nuno Virgílio, fazendo todo o percurso em 1h27m, totalizando a pontuação máxima - 1000 pontos. O seu colega de equipa e irmão Cláudio Virgílio chegou a meta a menos de um minuto classificando-se em 2.º lugar com 962 pontos. Pedro Lacerda da Associação Voo Livre de Sintra terminou em 3.º lugar conquistando 937 pontos. Nos femininos venceu a etapa de ontem Sílvia Ventura do Clube Montanhismo da Arrábida com 646 pontos.
A classificação por Clube, pontuam os melhores três classificados da geral, liderando nesta altura o CSD Câmara de Câmara de Lobos com 2857 pontos, seguido pela Associação de Voo Livre de Sintra com 2573 pontos e em 3.º lugar está o Clube de Parapente de Basto com 2010 pontos.Hoje (domingo) os pilotos ainda iniciaram a 2.ª manga da prova, no enquanto por questões de segurança devido as condições meteorológicas o Director de Prova decidiu cancelar a respectiva manga. Para amanha e terça-feira está prevista a realização da 3.º e 4.ª manga.
Comunicação Social:
Diário de Notícias, 21/07/2008

Desporto
Nuno Virgílio lidera Open
Numa organização da Federação Portuguesa de Voo Livre e do Aeroclube de Mirandela, decorre desde sábado até amanhã na Serra de Santa Comba e Serra dos Passos, a segunda etapa do Campeonato Nacional de Parapente.
Com apenas uma manga realizada, já que o dia de ontem a prova foi cancelada devido às condições meteorológicas, a competição é liderada pelo atleta madeirense Nuno Virgílio. O piloto do Câmara de Lobos realizou todo o percurso em 1h27, totalizando a pontuação máxima - 1000 pontos. Destaque ainda para o seu colega de equipa e irmão Cláudio Virgílio que chegou à meta a menos de um minuto, classificando-se assim no segundo lugar, com 962 pontos. Na classificação por clube a formação madeirense do CSD Câmara de Câmara de Lobos lidera com 2.857 pontos, seguido pela Associação de Voo Livre de Sintra com 2.573 pontos e em 3.º lugar está o Clube de Parapente de Basto, com 2.010 pontos. Para hoje está agenda a penúltima manga da competição.
Diário Cidade, 22/07/2008:

•Nuno Caçador é o único piloto do Clube Naval da Calheta que está presente neste III Open Internacional de Parapente de Mirandela
•Do Centro Social Desportivo de Câmara de Lobos participam Américo Sousa, Cláudio Virgílio, Cristiano Pereira, Décio Abreu, Justino Nóbrega, Nuno Gomes, Nuno Virgílio e Pedro Galvão

Camaralobenses em bom plano no III Open Internacional de Parapente
As cerca de seis dezenas de pilotos que participam na prova pontuam para diversas classes, nomeadamente o Open Class, Serial Class, Sport Class, Jovens Competidores, Marters Class e Feminos.
Numa organização conjunta da Federação Portuguesa de Voo Livre e do Aeroclube de Mirandela, decorre desde o pretérito sábado e até amanhã, na Serra de Santa Comba e Serra dos Passos, a segunda prova do Campeonato Nacional de Parapente, evento denominado por ‘III Open Internacional de Parapente de Mirandela’ com direcção técnica da escola nacional WIND.
Nesta prova, os pilotos pontuam para diversas classes, nomeadamente o Open Class, Serial Class, Sport Class, Jovens Competidores, Marters Class e Feminos.
No que diz respeito à prova propriamente dita, refira-se que na mesma participam cerca de seis dezenas de pilotos, em representação de nada mais nada menos do que 17 clubes, sendo que a Região Autónoma da Madeira está representada pelos oito pilotos do Centro Social Desportivo de Câmara de Lobos bem como pelo (único) do Clube Naval da Calheta.
Relativamente à colectividade camaralobense estão presentes os pilotos Américo Sousa, Cláudio Virgílio, Cristiano Pereira, Décio Abreu, Justino Nóbrega, Nuno Gomes, Nuno Virgílio e Pedro Galvão, sendo que pelo Clube Naval da Calheta está apenas e tão-só piloto Nuno Caçador.
No sábado realizou-se a primeira manga, com um percurso de 43,2 quilómetros, tipo Race To Goal, onde o grande vencedor foi o piloto do Centro Social Desportivo de Câmara de Lobos, Nuno Virgílio, fazendo todo o percurso em 1h27m, totalizando a pontuação maxima, ou seja, 1000 pontos. O seu irmão e colega de equipa, Cláudio Virgílio, chegou à meta a menos de um minuto classificando-se no lugar intermédio do pódio, com 962 pontos. Pedro Lacerda, da Associação Voo Livre de Sintra, terminou na 3ª posição, conquistando 937 pontos.
No que aos femininos diz respeito, venceu a etapa Sílvia Ventura, do Clube Montanhismo da Arrábida, com um total de 646 pontos.
Relativamente à classificação por clube, refira-se que pontuam apenas e tão-só os três melhores classificados da geral, sendo que de momento lidera a clasisficação o Centro social Desportivo de Câmara de Câmara de Lobos, com 2857 pontos, seguido pela Associação de Voo Livre de Sintra, com 2573 pontos; e pelo Clube de Parapente de Basto, com 2010 pontos.
No domingo os pilotos ainda iniciaram a 2ª manga da prova, muito embora por questões de segurança devido às condições meteorológicas o director de prova tivese decidido cancelar a respectiva manga. Para hoje está prevista a realização da e 4ª manga, isto depois de ontem se ter realizado a 3ª manga da referida competição.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Campeonato do Mundo de Pesca do Blue Marlin

Uma equipa de madeirenses, com vários elementos do Clube Naval da Calheta, nomeadamente o seu comodoro, participaram no Campeonato do Mundo de Pesca do Blue Marlin, a bordo da embarcação LUNA, tendo, durante algumas horas, conseguido o feito de terem pescado o maior exemplar em concurso.



Comunicação Social:
Diário de Notícias, 04/07/2008:
'Big Game Fishing' tem hoje Campeonato do Mundo
Madeira é uma das dez regiões do mundo com o maior número de inscritos
O Campeonato do Mundo de Pesca do Blue Marlin está de volta, uma competição que coloca, anualmente, a Região na lista das mais cobiçadas para a prática desta modalidade e uma das mais sérias candidatas à conquista do primeiro lugar.
Com início marcado para as 8.30 horas (consoante o fuso horário de cada Região) e com final para as 17 horas, este torneio conta com a participação de 122 embarcações, das quais 16 foram inscritas pela Madeira. Por Portugal competem, ainda, mais três lanchas: duas inscritas no continente e uma terceira pela Região dos Açores.
O DIÁRIO conseguiu chegar à fala com o Mike Leech, o director-geral deste campeonato do mundo, o qual confirmou o número total de inscritos, realçando que a competição este ano estender-se-á a Nanuatu, Angola, Madeira, Açores, Canárias, Cabo Verde, Bermuda, St. Martin, Baamas, Portugal Continental, México, Kona e Havai. Com quartel-general montado na Florida, aquele responsável referiu que "até ao final do dia (ontem) contamos receber ainda mais algumas inscrições. Este torneio decorre em simultâneo em todo o mundo e tem a duração de apenas um dia.
As equipas, em todo o mundo, sabem que a competição é de um só dia e que quem pescar o maior 'blue marlin' ganha tudo", explicou. Questionado sobre qual o valor do prémio para o vencedor, Mike Leech avançou que "o vencedor do campeonato poderá ganhar cerca de 400.000 dólares americanos.
Se não houver vencedor, o prémio será acumulado para a edição de 2009", acrescentou. A competição teve o seu começo na Austrália e termina no Havai, razão pela qual o vencedor só será conhecido a partir das 3 horas da próxima madrugada (hora da Madeira).
Por fim, é de referir que desde o início da presente época já foram registados na Madeira 60 peixes desta espécie. No dia de ontem foram pescados, marcados e libertados três 'blue marlins', entre o Jardim do Mar e o Cabo Girão.
O primeiro peixe terá de ter mais do que 226 quilogramas. Depois de o peso ser validado pelo juiz da Região onde for pescado, a informação será então difundida por todos os concorrentes, via rádio, email, fax ou sms. A partir dessa altura só poderão ser mortos peixes com peso superior ao primeiro, e assim sucessivamente. Uma forma de proteger a espécie.
Cada concorrente desembolsou a módica quantia de 3.000 ou 5.000 dólares pela respectiva inscrição, sendo que o prémio em disputa será de 400.000 dólares.
Nesta competição, e por via do regulamento, não há segundo nem terceiro lugar. Apenas existe um único lugar no pódio.
A Madeira é, a par das Bermudas, a Região que conquistou este torneio por três vezes consecutivas: 1995 - Jess Miles, peixe com 432 kg; 1996 - Steward Campbell (305 kg) e Mike Day (315 kg).
Mário Olim

Diário de Notícias, 04/07/2008:
Porto de recreio da Calheta atrai pescadores milionários
A Madeira é já conhecida por atrair adeptos e respectivas tripulações da pesca grossa nesta altura do ano. Um das localidades que vem ganhando nome junto desta comunidade é a da Calheta, cujo porto de recreio é hoje referência no estrangeiro.
Kumar Dadlani, um dos entusiastas pela modalidade, reside na ilha de Lanzarote, nas Canárias, e está de volta pela quarta vez ao porto de recreio, a bordo do espectacular 'Viking, modelo 70', adquirido há cerca de um ano no Canadá.
Desta feita, veio para participar na 24.ª edição do campeonato do mundo de pesca do 'Blue Marlin' e convidou alguns amigos que, curiosamente, vão competir entre si pela luta do troféu, entre eles o "Dream On", uma embarcação de 26 metros de comprimento.
Ao todo, só no porto de recreio da Calheta, ao que apurámos, até ao dia de ontem, (data limite para a inscrição no campeonato) eram seis as embarcações maioritariamente constituídas por tripulação estrangeira que contavam poder participar na competição.
Kumar Dadlani disse ao DIÁRIO que "ninguém que participe na prova ou que tenha uma embarcação destas olha a despesas". Em média, uma semana, entre combustível, refeições, estadia, "pode chegar aos dois mil euros, se não mais", garante.
A verba, sublinha, "pode não ser elevada, mas se somarmos à quantidade de embarcações participantes pode ser muito importante para a economia de uma localidade como a Calheta". Logo admite que a infra-estrutura foi "muito importante" para o município.
Embarcação de quatro milhões
Depois de dois meses e meio a pescar nas águas do arquipélago cabo-verdiano, onde acabaria por marcar 17 'blue marlins', a 'Lani´s' (assim se chama a embarcação) entra hoje em competição na luta pelo primeiro lugar. Depois seguirá viagem rumo a Lanzarote.
O capitão, pela experiência adquirida, garante que o mar da Madeira nesta altura do ano "é favorável a qualquer tripulação" na obtenção da conquista do primeiro prémio. "É melhor que o mar das Canárias", assume sem receio. Ainda assim, refere que "é tudo uma questão de sorte". Dadlani, de trato afável, explicou as razões que levaram à compra de um barco de 4 milhões de euros. "A aquisição vinha sendo pensada há alguns anos. Necessitava de um barco mais veloz, mais cómodo e que fosse capaz de me completar".
Luxo a bordo
A bordo é do mais luxuoso que se pode imaginar. Vários plasmas, sofás em pele, suite e uma ponte de comando moderníssima fazem com que a embarcação seja facilmente manobrável. "Duas pessoas chegam perfeitamente para se viajar tranquilo. Uma viagem Madeira-Lanzarote "fica entre as 10 e as 15 horas, dependendo do estado do mar", revela.
Victor Hugo

Diário de Notícias, 05/07/2008:
'Luna' de sorte
Madeira bem posicionada na luta pelo título de campeã do mundo do BGF
Depois de vários anos afastada da luta pela conquista do título de campeã do mundo do World Cup Blue Marlin, a Madeira está este ano na corrida com um peixe de 302 quilogramas. Com efeito, onze anos depois, José Melvill Araújo conseguiu a proeza de pescar o maior peixe presente a concurso, feito, esse, levado a cabo a bordo da lancha 'Luna', da frota regional.
O DIÁRIO esteve na Lota do Funchal e assistiu à chegada da embarcação e posterior descarga do blue marlin, pescado horas antes, em frente ao Cabo Girão.
Satisfeito, mas ainda a aguardar pelos resultados oficiais Melvill Araújo referiu estar muito contente com o peixe capturado. "Este é a primeira vez que participo numa prova do campeonato do mundo. Foi um trabalho de equipa espectacular e agora temos de aguardar que o concurso termine para sabermos se ganhamos ou não. O peixe já foi pesado, primeiro na balança da Lota e depois no dinamómetro digital e, em ambos os casos, o peso apurado foi de 302 quilogramas", salientou. Questionado sobre qual o destino a dar ao peixe, Melvill Araujo referiu que "o mesmo será entregue a duas instituições de solidariedade social: metade vai para a Misericórdia da Calheta e a outra para a congénere do Funchal", concluiu.
A bordo do 'Luna', para além dos cinco elementos que compunham a tripulação oficial, encontrava-se, também, Marcelino de Andrade, o presidente da Junta de Santo António, um aficionado pela pesca grossa. Ao DIÁRIO referiu que a sua participação foi na qualidade de convidado e que "como tal apenas tenho de salientar o brilhante trabalho levado a cabo por todos os elementos a bordo. Por outro lado é de salientar que, sem dúvida alguma, que este é um resultado muito bom para a Madeira e para a sua promoção turística em todo o mundo", acrescentou. O trabalho de lutar com o peixe foi da responsabilidade do algarvio Júlio Monteiro, o qual é considerado como um dos mais credenciados e conhecedores pescadores nacionais do blue marlin. Referiu que "as águas da Madeira são óptimas para a pesca desta espécie. Esta é a segunda vez que participo neste Campeonato, desta vez conseguimos trazer um bom peixe, com peso válido para o concurso. O peixe jogou à amostra às 14.20 horas e demoramos cerca de 1.20 horas para o trazer à borda da 'Luna'. Agora temos de aguardar que o concurso termine, o que acontecerá às 3 horas desta madrugada, no Havai", concluiu. O peso (302 kg) e o comprimento do peixe (393,5 cm) foram aferidos pelo veterinário Eduardo Teixeira que à nossa reportagem acrescentou que "este blue marlin foi pescado ao curríco com amostra, pelo que foi aceite ao concurso", terminou.
Na Calheta, e apesar de ter sido pescado também um blue marlim, com peso válido para ir a concurso, o certo é que, e depois do mesmo ter sido pesado, o júri confirmou que o mesmo pesava apenas 260 quilogramas. O peixe foi pescado a cerca de duas milhas da Ponta do Pargo por Virginia Escobar, a bordo da embarcação 'Lani´s', sendo de referir que a luta durou cerca de 40 minutos para conseguir trazer o peixe à borda.
Mário Olim, Vitor Hugo

Jornal da Madeira, 05/07/2008:
Campeonato do Mundo de Pesca ao “Blue Marlin” com madeirenses em grande
‘Luna’ captura exemplar que pesava 302 quilos
Na Região, a competição começou às 8h40, com as linhas na água, e foi preciso esperar quase seis horas para que o “Blue Merlin” desse sinal de vida. «Eram 14h20 quando o pescámos, isto depois de 1h20m de luta com ele», disse José António Melville Araújo, comandante da embarcação “Luna”, acrescentando que «andámos em vários locais, mas sem nunca desanimar». Segundo acrescentou «houve gente que “marcou” peixe mais pequeno e o nosso foi conseguido junto ao Cabo Girão».
No final, foi grande a azáfama na Lota para retirar o peixe de bordo e proceder à respectiva pesagem, sendo que a balança indicou 302 quilos e um comprimento de 3,93 metros. Cansados mais felizes, os cinco elementos da tripulação — quatro para a pesca e um comandante — e três convidados (entre eles o presidente da junta de freguesia de Santo António, Marcelino Andrade) davam por concluída a sua participação neste Campeonato do Mundo de Pesca ao “Blue Marlin”, num só dia de prova e com uma duração igual para todos os concorrentes à escala mundial. José António Araújo referiu que «foi a 1.ª vez que a tripulação entrou nesta competição, sendo que a ideia surgiu depois de «no ano passado termos pescado um peixe (por acaso maior que este) e, então, resolvemos entrar em 2008».
Quanto ao peixe capturado «o peso é razoável», disse o comandante da tripulação, embora refira «que há maiores...». Para o ano há mais e, de acordo com as suas palavras «a experiência pode ser repetida no próximo ano, até porque isto é divertido. Não passamos o ano no mar, à pesca, e somos amadores. Somos todos amigos e podemos voltar a competir em 2008». Como nota de curiosidade, desde o início do ano, foram capturados 60 peixes desta espécie nos mares da Madeira, sobretudo entre a zona do Cabo Girão e da Calheta.
A competição terminou às 3h00 da manhã, no Havai, altura em que será divulgada a embarcação vencedora, que receberá cerca de 453 mil dólares. Do historial constam três triunfos consecutivos neste “Mundial”, de 1995 a 1997. Em 2007, o “Blue Merlin” pesava 330 kg.
Outro exemplar na Calheta
Na Calheta foi pescado outro “Blue Marlin”, que pesava 260 kg, capturada por uma embarcação canariana (“Lani’s).
Vasco Sousa

Diário de Notícias, 06/07/2008:
Havai venceu campeonato
O vencedor do torneio ganhou cerca de 400.000 dólares com um marlin de 327 kg
Os 302 quilogramas do peixe pescado, anteontem, no mar da Madeira, a bordo da lancha 'Luna', e que foi, durante horas, apontado como o possível vencedor do 24º campeonato do Mundo de pesca do blue marlin, afinal não chegaram para bater a concorrência havaiana.
Com efeito, e apesar de a Madeira ter concorrido com uma frota 'invejável' ao referido campeonato - 15 embarcações no total -, a sorte fugiu este ano para o oceano Pacífico, mais concretamente para o Havai.
O peixe vencedor, de 723 libras (327 kg), foi pescado às 23.20 horas (Havai), a bordo da lancha 'Ihu Nui', um feito que permitiu ao capitão McGrew Rice arrecadar um prémio que ultrapassou os 400.000 dólares.
O sonho de a Madeira poder vencer este ano o torneio foi-se desvanecendo, primeiro com uma informação publicada no sítio oficial da internet do campeonato, a qual dava conta de um peixe de 718 libras (325 kg), na Bermuda, uma captura realizada a bordo da lancha 'Que Mas'. Poucos minutos passavam das 22 horas de ontem quando a informação foi confirmada.
Já com a equipa madeirense fora da corrida, e à espera do final da competição, que teve lugar às 3 horas da manhã no Havai, os resultados finais foram publicados pouco tempo depois, atribuindo a vitória ao capitão Rice.
Uma nota de destaque para o facto de esta competição estar imbuída no princípio de protecção desta espécie de peixe, pois a concurso só são admitidos peixes com peso superior a 227 kg. No caso da Madeira, o DIÁRIO sabe que pelo menos dois peixes pescados e trazidos até à borda das respectivas lanchas foram libertados com vida, cumprindo-se dessa forma o estipulado no regulamento deste campeonato. Desta forma, em todo o mundo, e durante as 24 horas que durou o campeonato, apenas foram mortos 5 peixes, dois dos quais em águas da Madeira.
Por fim, e para a história das estatísticas, refira-se que com esta vitória, a sexta, o Havai passou a liderar a tabela das Regiões que mais vezes venceram este campeonato, sendo de referir que a Madeira já venceu por três vezes esta competição.
Mário Olim

terça-feira, 8 de julho de 2008

2.ª Prova Campeonato da Madeira de Parapente 2008

Diário Prova
1.ª Manga da 2.ª Prova Campeonato da Madeira de Parapente 2008
Os pilotos dos diversos clubes filiados na A.V.L.M. - Associação de Voo Livre da Madeira encontraram-se logo pelas 8h30 da manha no Funchal (Centromar) para poderem efectuar a inscrição e eleger o Comité de Pilotos.
Foram eleitos para o Comité de Pilotos: Justino Nóbrega, Pedro Galvão, Sérgio Gouveia e Miguel Sá e Sousa. Após a eleição, Marco Freitas - Director Prova - efectuou uma pequena reunião entre ambos e definiram o Chão das Mantas (Parque Ecológico do Funchal) como sendo o local para a realização da 1.ª manga, comunicada aos pilotos no 1.º brifieng da Prova.
Por volta das 10h00 os pilotos chegaram ao local da descolagem, nos transportes disponibilizados pela organização e aguardaram pela decisão do Director de Prova. Após reunir com o Comité de Pilotos, ficou definida a 1.ª manga com descolagem do Chão das Mantas, passagem pelo Pico Alto, Campo da Madeira (Choupana), Igreja do Monte, Campo do Marítimo e chegada ao Golo (meta) na Praia do Funchal. O tipo de prova era Sprint ao Golo.
Os pilotos começaram a preparar o material de voo e as respectivas asas, esperando o melhor momento para descolar. Entretanto o piloto nível 3 Jorge Abreu do CSD Câmara de Lobos descolou para testar as condições de voo.
Após o seu voo, o Director de Prova decidiu aumentar em 15 minutos o inicio da Prova - START. Foram se desenvolvendo algumas nuvens, e ai os pilotos começaram a preparar a descolagem, antes que as nuvens os impedissem de realizar a prova.
Saiu na frente o piloto Décio Abreu pelas 11h, e logo de imediato o piloto Justino Nóbrega e Nuno Caçador descolaram indo atrás do mesmo. A partir desse momento, foram vários os pilotos que começaram a descolar e a realizar a prova.
Nenhum piloto conseguiu realizar o percurso todo, no entanto, aterrando todos na Praia do Funchal. A dificuldade foi realizar a baliza do Campo da Madeira para a Igreja do Monte e Campo do Marítimo.
Após a aterragem, foram todos descarregar os voos e o vencedor foi o piloto do CSD Câmara de Lobos Sérgio Gouveia com 131 pontos, seguido pelos seus companheiros de equipa Décio Abreu com 106 pontos e Justino Nóbrega com 105 pontos.
2.ª Prova Campeonato da Madeira Parapente 2008
1.ª Manga
05 de Julho 2008
Classificação Individual
1.º Sérgio Gouveia - CSD Câmara Lobos - 131 pontos
2.º Décio Abreu - CSD Câmara Lobos - 106 pontos
3.º Justino Nóbrega - CSD Câmara Lobos - 105 pontos
4.º Renato Nóbrega - Ludens Clube Machico - 99 pontos
5.º Nuno Caçador - Clube Naval Calheta - 93 pontos
6.º Miguel Sá Sousa - Clube Naval Calheta - 74 pontos
7.º Lino Duque - Ludens Clube Machico - 71 pontos
7.º Pedro Galvão - CSD Câmara Lobos - 71 pontos
7.º Nuno Vieira - Ludens Clube Machico - 71 pontos
10.º Susana Nóbrega - Ludens Clube Machico - 1 ponto
10.º Jorge Abreu - CSD Câmara Lobos - 1 ponto
10.º Duarte Gouveia - Clube Naval Calheta - 1 ponto
10.º Evandro Amaro - Clube Naval Calheta - 1 ponto
10.º Alexandre Nogueira - Clube Naval Calheta - 1 ponto
10.º Nuno Aguiar - Clube Naval Seixal - 1 ponto
16.º Avelino Silva - AAUMa - 0 pontos
Classificação Clubes
1.º CSD Câmara de Lobos - 342 pontos
2.º Ludens Clube Machico - 241 pontos
3.º Clube Naval Calheta - 168 pontos
4.º Clube Naval Seixal - 1 ponto
5.º AAUMa - 0 pontos
X CAMPEONATO EUROPEU PARAPENTE
Portugal no Campeonato da Europa de Parapente
Entre os dias 28 de Junho e 13 de Julho a Selecção Nacional de Parapente vai estar em Niska Banja, perto de Nis, na Sérvia, a representar Portugal no Campeonato Europeu. Acompanhem o dia a dia da nossa selecção em www.portugalnaservia.blogspot.com

Triatlo do Porto Moniz

A equipa do Clube Naval da Calheta presente no Triatlo do Porto Moniz não pode contar com a participação do Ricardo Paixão, em todo o caso a equipa voltou a atingir um 4º lugar por equipas.
Assim o Ricardo Gouveia terminou em 9º da geral, 4º da categoria senior, a 10 segundos do terceiro classificado; o João Alves terminou a prova no 38º da geral, 20º da categoria senior; o Luís Rocha classificou-se em 43º da geral, 21º da categoria senior.
Destaca-se a prova realizada pelo jovem do CNC Ruben Pedro, que voltou a classificar-se em 3º lugar da categoria sub-23, e 21º da geral.
Destaca ainda para a vitória nos femininos da Cristina Nascimento.


3ª etapa do Circuito Regional de Triatlo

Disputou-se hoje a 5ª edição do Triatlo do Porto Moniz, 3ª etapa do Circuito Regional de Triatlo, integrando ainda a 4ª prova do Circuito Jovem, destinado aos escalões de formação.
A bela vila da costa norte da ilha foi palco de uma das provas mais apreciadas e duras do Circuito Regional, que se disputou na distância sprint (750 metros de natação, 20 Km ciclismo e 5 Km de corrida), sob excelentes condições climatéricas, contando com a presença de cerca de uma centena de atletas, em representação de 10 clubes regionais.
Na prova principal, a emotividade foi elevada, com 4 líderes, começando com o domínio inicial de Duarte Mendonça (sénior do Ludens de Machico), vencedor da edição desta prova no ano passado, que iniciou o segmento de ciclismo isolado. Em sua perseguição seguiam Celso Nóbrega (júnior do Clube Naval do Funchal) e Filipe Baptista (sub-23 do Ludens), seguidos de Roberto Lúcio (sénior do Clube Aventura da Madeira).
O desafiante e duro percurso de ciclismo decorreu em apenas uma volta, todo percorrido na via-expresso, com ida e regresso ao Seixal. No retorno, Celso Nóbrega já havia conseguido aproximar-se da roda do líder da prova, com Filipe Baptista a manter-se na 3ª posição, e com Tiago Silva já no 4ª lugar. A difícil subida final da Ribeira da Janela ditou diferenças entre os mais fortes, com o júnior Celso Nóbrega a chegar ao parque de transição na liderança da prova, trazendo consigo Filipe Baptista, que conquistou a 2ª posição na última subida do segmento. Duarte Mendonça surgia no parque de transição a 20 segundos do duo líder da prova, com Tiago Silva a uma distância que lhe permitia ainda lutar pela vitória na prova.
E foi isso que veio a acontecer, com o campeão nacional de duatlo sub-23 a realizar uma excelente corrida final, ultrapassando os 3 atletas que seguiam na sua frente. Na 2ª posição na meta surgia Filipe Baptista, seguindo de Duarte Mendonça, que desta forma completaram o pódio absoluto. Duarte Nóbrega (sénior do Andorinha), depois de uma corrida final bastante forte conseguiu ainda alcançar Celso Nóbrega, o talentoso júnior que uma vez mais mostrou forte potencial para a modalidade, faltando-lhe apenas uma maior experiência na gestão da prova. Paulo Margarido (Ludens de Machico) também viria a recuperar várias posições na corrida final, ultrapassando Roberto Lúcio e Ricardo Gouveia (Clube Naval da Calheta).
Nos veteranos II, a competição também esteve ao rubro, com Joaquim Fernandes (Andorinha) a vencer Paulo Silva (Ludens) e Francisco Viveiros (Clube Montanha do Funchal), enquanto Adelino Carvalho (Ludens) vencia uma vez mais os veteranos III.
Nas senhoras, Cristina Nascimento (Clube Naval da Calheta) voltou a vencer, enquanto nas estafetas a equipa de Nuno Araújo, Francisco Brito e Carlos Fernandes, derrotava Pedro Sousa, Bruno Canha e Dario Gonçalves, com Remígio Rodrigues, Maurício Sousa e Olga Pinto na 3ª posição. Por equipas, o Ludens Clube de Machico foi o natural vencedor, com a 2ª posição a pertencer ao Clube de Futebol Andorinha, seguido do Clube Aventura da Madeira
A prova foi organizada pela Delegação Regional da Federação de Triatlo de Portugal, com os apoios da Câmara Municipal do Porto Moniz, CDC Porto Moniz, Clube Naval do Seixal, Coca-Cola/Powerade, Leça&Fernandes e Hotel Moniz Sol.
A próxima competição do calendário regional será o “Triatlo dos 500 anos do Funchal”, a ser disputado no dia 27 de Julho, na distância olímpica (1500 metros de natação, 40 Km de ciclismo e 10 Km de corrida).
Prova Jovem
Na competição destinada aos escalões de formação, estiveram em prova 26 atletas. Lisandra Alves e Nuno Vieira venceram nos benjamins, enquanto Filipe Oliveira superiorizava-se nos infantis masculinos. Cristina Costa e Pedro Roxo dominaram nos iniciados, enquanto Marisa Alves vencia nos juvenis femininos. Nesta categoria, mas nos masculinos, nova disputa cerrada entre João Martins e João Gomes, com a vitória do primeiro a ser decidida no segmento de corrida.
Comunicação Social:
Diário de Notícias, 07/07/2008:

Desporto
Triatlo V Prova do Porto Moniz
O campeão nacional de duatlo sub-23, Tiago Silva foi a grande figura do 'V Triatlo do Porto Moniz' que teve lugar no passado sábado.
A bela vila da costa norte da ilha foi palco de uma das provas mais apreciadas e duras do Circuito Regional, que se disputou na distância sprint (750 metros de natação, 20 Km ciclismo e 5 Km de corrida), e que contou com a presença de uma centena de atletas, em representação de 10 clubes regionais.
Na prova principal, a emotividade foi elevada, com vários atletas a terem tomado a liderança ao longo do percurso e das várias disciplinas. No entanto a decisão do título ficou resolvida apenas na prova de atletismo com Tiago Silva (Ludens Clube Machico) a ser mais forte acabando por conquistar o troféu. Na segunda posição na meta surgia Filipe Baptista (Ludens Clube Machico, seguido do seu colega de equipa Duarte Mendonça, que esteve mais uma vez em grande plano na prova de natação. Nos veteranos II, a competição também esteve ao rubro, com Joaquim Fernandes (Andorinha) a vencer Paulo Silva (Ludens) e Francisco Viveiros (Clube Montanha do Funchal), enquanto Adelino Carvalho (Ludens) vencia uma vez mais os veteranos III.
Nas senhoras, Cristina Nascimento (Clube Naval da Calheta) voltou a vencer, enquanto nas estafetas o título foi entregue à equipa de Nuno Araújo, Francisco Brito e Carlos Fernandes.
Paulo Vieira Lopes
Jornal da Madeira, 08/07/2008:

Triatlo do Porto Moniz — 3.ª Etapa do Circuito Regional muito competitiva
“Sprint” de Tiago Silva para o lugar mais alto
Disputou-se, domingo, a 5.ª edição do Triatlo do Porto Moniz (e 3.ª etapa do Circuito Regional da modalidade), integrando ainda a 4.ª prova do Circuito Jovem, destinado aos escalões de formação.
A vila da costa Norte da ilha foi palco de uma das provas mais apreciadas e duras do Circuito Regional, na distância “sprint” (750 metros de natação, 20 quilómetros de ciclismo e cinco mil metros de corrida), sob excelentes condições climatéricas, contando com a presença de uma centena de atletas, em representação de 10 clubes regionais.
Na prova principal, a emotividade foi elevada, com quatro líderes, começando com o domínio inicial de Duarte Mendonça (sénior do Ludens de Machico), vencedor da edição desta prova no ano passado, que iniciou o segmento de ciclismo isolado. Em sua perseguição seguiam Celso Nóbrega (júnior do Clube Naval do Funchal) e Filipe Baptista (sub-23 do Ludens), seguidos por Roberto Lúcio (sénior do Clube Aventura da Madeira). O desafiante e duro percurso de ciclismo decorreu em apenas uma volta, todo percorrido na via-expresso, com ida e regresso ao Seixal. No retorno, Celso Nóbrega já havia conseguido aproximar-se da roda do líder da prova, com Filipe Baptista a manter-se na 3.ª posição e com Tiago Silva já no 4.º lugar. A difícil subida final da Ribeira da Janela ditou diferenças entre os mais fortes, com o júnior Celso Nóbrega a chegar ao parque de transição na liderança da prova, trazendo consigo Filipe Baptista, que conquistou a 2.ª posição na última subida do segmento. Duarte Mendonça surgia no parque de transição a 20 segundos do duo líder da prova, com Tiago Silva a uma distância que lhe permitia ainda lutar pela vitória na prova. E foi isso que veio a acontecer, com o campeão nacional de duatlo sub-23 a realizar uma excelente corrida final, ultrapassando os três atletas que seguiam na sua frente. Na 2.ª posição, na meta, surgia Filipe Baptista, seguido de Duarte Mendonça, que desta forma completaram o pódio absoluto. Duarte Nóbrega (sénior do Andorinha), depois de uma corrida final bastante forte conseguiu ainda alcançar Celso Nóbrega, o talentoso júnior, que uma vez mais mostrou forte potencial para a modalidade, faltando-lhe apenas uma maior experiência na gestão da prova. Paulo Margarido (Ludens de Machico) também viria a recuperar várias posições na corrida final, ultrapassando Roberto Lúcio e Ricardo Gouveia (Clube Naval da Calheta).
Diário Cidade, 08/07/2008:

Campeão Nacional de Duatlo em “Sub-23” realizou uma excelente corrida final, ultrapassando os três atletas que seguiam na sua frente, terminado no lugar mais alto do pódio.
Disputou-se no pretérito sábado a 5ª edição do Triatlo do Porto Moniz, 3ª etapa do Circuito Regional de Triatlo, que integrava ainda a 4ª prova do Circuito Jovem, destinado aos escalões de formação.
A bela vila da costa norte da ilha foi palco de uma das provas mais apreciadas e duras do Circuito Regional, que se disputou na distância sprint (750 metros de natação, 20 quilómetros de ciclismo e 5 quilómetros de corrida), sob excelentes condições climatéricas, contando com a presença de uma centena de atletas, em representação de uma dezena de clubes regionais.
Na prova principal, a emotividade foi elevada, com nada mais nada menos do que quatro líderes,
tendo começado com o domínio inicial de Duarte Mendonça (Sénior do Ludens de Machico), vencedor da edição desta prova no ano passado, que iniciou o segmento de ciclismo isolado. Em sua perseguição seguiam Celso Nóbrega (Júnior do Clube Naval do Funchal) e Filipe Baptista (‘Sub-23’ do Ludens de Machico), seguidos de Roberto Lúcio (Sénior do Clube Aventura da Madeira).
O desafiante e duro percurso de ciclismo decorreu em apenas uma volta, todo percorrido na via-expresso, com ida e regresso ao Seixal.
No retorno, Celso Nóbrega já havia conseguido aproximar-se da roda do líder da prova, com Filipe Baptista a manter-se na 3ª posição, e com Tiago Silva já no 4º lugar.
A difícil subida final da Ribeira da Janela ditou diferenças entre os mais fortes, com o Júnior Celso Nóbrega a chegar ao parque de transição na liderança da prova, trazendo consigo Filipe Baptista, que conquistou a 2ª posição na última subida do segmento. Duarte Mendonça, esse, surgia no parque de transição a 20 segundos do duo líder da prova, com Tiago Silva a uma distância que lhe permitia ainda lutar pela vitória na prova.
E foi isso que veio a acontecer, com o campeão nacional de Duatlo “Sub-23” a realizar uma excelente corrida final, ultrapassando os três atletas que seguiam na sua frente.
Na 2ª posição na meta surgia Filipe Baptista, seguindo de Duarte Mendonça, que desta forma completaram o pódio absoluto.
Duarte Nóbrega (Sénior do Clube de Futebol Andorinha), depois de uma corrida final bastante forte, conseguiu ainda assim alcançar Celso Nóbrega, o talentoso Júnior que uma vez mais mostrou forte potencial para a modalidade, faltando-lhe apenas uma maior experiência na gestão da prova.
Paulo Margarido (Ludens de Machico) também viria a recuperar várias posições na corrida final,
ultrapassando Roberto Lúcio e Ricardo Gouveia (Clube Naval da Calheta).
Joaquim Fernandes e Adelino Carvalho vencem em Veteranos II e III
Nos Veteranos II, a competição também esteve ao rubro, com Joaquim Fernandes (Clube de Futebol Andorinha) a vencer Paulo Silva (Ludens de Machico) e Francisco Viveiros (Clube Montanha do Funchal), enquanto Adelino Carvalho (Ludens) vencia uma vez mais os Veteranos III.
Cristina Nascimento triunfa em Senhoras e Ludens de Machico em Equipas
No que às Senhoras diz respeito, Cristina Nascimento (Clube Naval da Calheta) voltou a vencer, enquanto nas Estafetas a equipa de Nuno Araújo, Francisco Brito e Carlos Fernandes, derrotou Pedro Sousa, Bruno Canha e Dario Gonçalves, com Remígio Rodrigues, Maurício Sousa e Olga Pinto a terminarem na 3ª posição.
Por equipas, o Ludens Clube de Machico foi o natural vencedor, com a 2ª posição a pertencer ao Clube de Futebol Andorinha, seguido do Clube Aventura da Madeira.
Refira-se, a propósito, que a prova foi organizada pela Delegação Regional da Federação de Triatlo de Portugal, e contou com os apoios da Câmara Municipal do Porto Moniz, CDC Porto Moniz, Clube Naval do Seixal, Coca-Cola/Powerade, Leça&Fernandes e Hotel Moniz Sol.
A título de curiosidade, refira-se que a próxima competição do calendário regional será o “Triatlo
dos 500 anos do Funchal”, a ser disputado no dia 27 do corrente, na distância olímpica (1500 metros de natação, 40 quilómetros de ciclismo e 10 quilómetros de corrida).

Regata Semana do Mar

Canoagem da Semana do Mar

A Canoagem esteve presente na festividades da Semana do Mar, com 2 percursos distintos, o dos Juniores e Seniores (Seixal - Porto Moniz), e dos Veteranos e Cadetes (Circuito entre o Cais do Porto Moniz e o Ílheu).
A prova contou com a presença de 7 Clubes, que apesar de alguma chuva que se fazia sentir não os demoveu de participar e de trazer vida e côr, à outrora pacata localidade.
Passamos então a divulgar os resultados desta prova:
K1 Sénior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Nelson Abreu - CNS - 0:40:45.76
2º - Mário Brazão - ANM - 0:47:59.11
3º - Tiago Abreu - CTM - 0:50:33.54
K2 Sénior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Hélder Camacho / Pedro Mendes - ANM - 0:35:53.81
2º - Diogo Sousa / Rúben Freitas - CTM - 0:39:19.03
3º - Carlos Henriques / José Casaca - CTM - 0:44:43.32
K2 Sénior Misto - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Wilmer Freitas / Mariana Silva - CTM - 0:38:00.17
2º - António Cabral / Catalina Figueira - CNS - 0:40:38.87
3º - Natércia Serrão / Fábio Lucas - CNS - 0:44:21.34
K1 Júnior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Paulo Abreu - CNS - 0:41:21.31
2º - Pedro Valério - CTM - 0:44:00.56
3º - Gabriel Correia - CTM - 0:46:09.73
K2 Júnior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Pedro Agrela / Marco Macedo - CTM - 0:36:54.43
K2 Júnior Misto - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Tiago Cabral / Bárbara Caires - CNS - 0:42:08.01
2º - Luis Gonçalves / Paula Vieira - CNS - 0:42:52.86
3º - Sara Caires / João Pita - CTM - 0:45:22.59
K1 Cadete - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Ruben Freitas - CDG - 0:21:49.75
2º - Lívio Silva - CNS - 0:26:15.96
3º - José Silva - CDG - 0:32:18.32
K2 Cadete - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Gonçalo Neves / Vítor Afonso - CNF - 0:20:53.75
2º - João Freitas / José Figueira - CDG - 0:32:34.07
K2 Cadete Misto - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - André Cabral / Cristina Fernandes - CNS - 0:22:06.48
2º - Marco Silva / Helen Foot - CNC - 0:42:43.73
K1 Veteranos A - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Alberto Pereira - CNC - 0:29:31.75
2º - Armelindo Gonçalves - CNS - 0:44:02.81
K2 Veteranos A - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Alcindo Castro / Heliodoro Serrão - CNS - 0:27:03.76
A classificação colectiva ficou ordenada da seguinte forma:
Class. - Clube - Pontuação
1º - Clube Naval do Seixal - 186 Pontos
2º - Centro Treino Mar - 141 Pontos
3º - Clube Desportivo do Garachico - 33 Pontos
4º - Associação Náutica da Madeira - 33 Pontos
5º - Clube Naval do Funchal - 33 Pontos
6º - Clube Naval da Calheta - 0 Pontos
7º - Clube Força 5 Madeira - 0 Pontos

Mais informações em http://www.canoagemmadeira.com/.


Comunicação Social:

Diário de Notícias, 08/07/2008:
V Etapa do Troféu SIPRE Madeira 2008
Seixal domina Semana do Mar

Sete clubes regionais marcaram presença no V Etapa do Troféu SIPRE Madeira 2008 e do Circuito Regional de Kayak Mar, eventos que fizeram parte das festividades da Semana do Mar do Porto Moniz.
A competição que ficou marcada por alguma chuva foi realizada em dois percursos distintos, com os atletas juniores e seniores a cumprirem um percurso entre o Seixal e o Porto Moniz), enquanto os canoístas Veteranos e Cadetes realizaram um circuito entre o Cais do Porto Moniz e o Ilhéu.
No que diz respeito à classificação final o Clube Naval do Seixal acabou por conquistar o troféu colectivamente com um total de 181 pontos, seguido do Centro Treino Mar (141) e Clube Desportivo Garachico (33).
No que diz respeito aos títulos das diversas provas foram os seguintes: Nelson Abreu (CNS) em K1 sénior; Hélder Camacho/Pedro Mendes (ANM) em K2 sénior, Wilmer Freitas/Mariana Silva (CTM) em K2 sénior misto; Paulo Abreu (CNS) em K1 júnior; Pedro Agrela/Marco Macedo (CTM) em K2 júnior; Tiago Cabral/Bárbara Caires (CNS) em K2 júnior misto; Ruben Freitas (CDG) em K1 cadetes; Gonçalo Neves/Vítor Afonso (CNF) em K2 cadetes; André Cabral/Cristina Fernandes (CNS) em K2 cadetes misto; Alberto Pereira (CNC) em K1 Veteranos e Alcindo Castro/Heliodoro Serrão (CNS) em K2 veteranos.

Regata Semana do Mar

Canoagem da Semana do Mar

A Canoagem esteve presente na festividades da Semana do Mar, com 2 percursos distintos, o dos Juniores e Seniores (Seixal - Porto Moniz), e dos Veteranos e Cadetes (Circuito entre o Cais do Porto Moniz e o Ílheu).
A prova contou com a presença de 7 Clubes, que apesar de alguma chuva que se fazia sentir não os demoveu de participar e de trazer vida e côr, à outrora pacata localidade.
Passamos então a divulgar os resultados desta prova:
K1 Sénior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Nelson Abreu - CNS - 0:40:45.76
2º - Mário Brazão - ANM - 0:47:59.11
3º - Tiago Abreu - CTM - 0:50:33.54
K2 Sénior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Hélder Camacho / Pedro Mendes - ANM - 0:35:53.81
2º - Diogo Sousa / Rúben Freitas - CTM - 0:39:19.03
3º - Carlos Henriques / José Casaca - CTM - 0:44:43.32
K2 Sénior Misto - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Wilmer Freitas / Mariana Silva - CTM - 0:38:00.17
2º - António Cabral / Catalina Figueira - CNS - 0:40:38.87
3º - Natércia Serrão / Fábio Lucas - CNS - 0:44:21.34
K1 Júnior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Paulo Abreu - CNS - 0:41:21.31
2º - Pedro Valério - CTM - 0:44:00.56
3º - Gabriel Correia - CTM - 0:46:09.73
K2 Júnior - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Pedro Agrela / Marco Macedo - CTM - 0:36:54.43
K2 Júnior Misto - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Tiago Cabral / Bárbara Caires - CNS - 0:42:08.01
2º - Luis Gonçalves / Paula Vieira - CNS - 0:42:52.86
3º - Sara Caires / João Pita - CTM - 0:45:22.59
K1 Cadete - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Ruben Freitas - CDG - 0:21:49.75
2º - Lívio Silva - CNS - 0:26:15.96
3º - José Silva - CDG - 0:32:18.32
K2 Cadete - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Gonçalo Neves / Vítor Afonso - CNF - 0:20:53.75
2º - João Freitas / José Figueira - CDG - 0:32:34.07
K2 Cadete Misto - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - André Cabral / Cristina Fernandes - CNS - 0:22:06.48
2º - Marco Silva / Helen Foot - CNC - 0:42:43.73
K1 Veteranos A - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Alberto Pereira - CNC - 0:29:31.75
2º - Armelindo Gonçalves - CNS - 0:44:02.81
K2 Veteranos A - Class. - Tripulação - Clube - Tempo
1º - Alcindo Castro / Heliodoro Serrão - CNS - 0:27:03.76
A classificação colectiva ficou ordenada da seguinte forma:
Class. - Clube - Pontuação
1º - Clube Naval do Seixal - 186 Pontos
2º - Centro Treino Mar - 141 Pontos
3º - Clube Desportivo do Garachico - 33 Pontos
4º - Associação Náutica da Madeira - 33 Pontos
5º - Clube Naval do Funchal - 33 Pontos
6º - Clube Naval da Calheta - 0 Pontos
7º - Clube Força 5 Madeira - 0 Pontos

Mais informações em http://www.canoagemmadeira.com/.


Comunicação Social:

Diário de Notícias, 08/07/2008:
V Etapa do Troféu SIPRE Madeira 2008
Seixal domina Semana do Mar

Sete clubes regionais marcaram presença no V Etapa do Troféu SIPRE Madeira 2008 e do Circuito Regional de Kayak Mar, eventos que fizeram parte das festividades da Semana do Mar do Porto Moniz.
A competição que ficou marcada por alguma chuva foi realizada em dois percursos distintos, com os atletas juniores e seniores a cumprirem um percurso entre o Seixal e o Porto Moniz), enquanto os canoístas Veteranos e Cadetes realizaram um circuito entre o Cais do Porto Moniz e o Ilhéu.
No que diz respeito à classificação final o Clube Naval do Seixal acabou por conquistar o troféu colectivamente com um total de 181 pontos, seguido do Centro Treino Mar (141) e Clube Desportivo Garachico (33).
No que diz respeito aos títulos das diversas provas foram os seguintes: Nelson Abreu (CNS) em K1 sénior; Hélder Camacho/Pedro Mendes (ANM) em K2 sénior, Wilmer Freitas/Mariana Silva (CTM) em K2 sénior misto; Paulo Abreu (CNS) em K1 júnior; Pedro Agrela/Marco Macedo (CTM) em K2 júnior; Tiago Cabral/Bárbara Caires (CNS) em K2 júnior misto; Ruben Freitas (CDG) em K1 cadetes; Gonçalo Neves/Vítor Afonso (CNF) em K2 cadetes; André Cabral/Cristina Fernandes (CNS) em K2 cadetes misto; Alberto Pereira (CNC) em K1 Veteranos e Alcindo Castro/Heliodoro Serrão (CNS) em K2 veteranos.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

VIII Triatlo da Calheta

O Triatlo da Calheta realizado no domingo de manhã, na zona da praia, marginal e Porto de Recreio da Calheta, decorreu de forma positiva para o Clube Naval da Calheta.

Assim e após a primeira participação dos atletas jovens do clube no triatlo da Ribeira Brava, as jovens triatletas do clube Jessica Calaça e Daniela Ascenço conseguiram os primeiro e segundo lugares do pódio, do respectivo escalão - infantis femininos, por seu turno o seu colega Samuel Ascenço fez uma prova promissora.


Na categoria de sub-23 masculinos, na sequência de uma boa prova, o triatleta do CNC, Ruben Pedro, conseguiu o seu primeiro pódio, sagrando-se terceiro calssificado no respectivo escalão e 30º na geral.


Na categoria seniores masculinos Ricardo Paixão voltou a realizar uma excelente prova tendo obtido a 2ª posição, bem como o terceiro lugar da classificação geral; por seu lado Luís Rocha obteve um 12º lugar (23º geral) e João Alves um 23º lugar (47º geral).


Na categoria seniores femininos Cristina Nascimento voltou demonstrar uma grande prestação tendo obtido o primeiro lugar da sua categoria bem como da classificação geral feminina.


Na classificação por clubes o Clube Naval da Calheta classificou-se em 4º lugar, a 2m 30s do último lugar do pódio.






Ricardo Gouveia no Duatlo Cidade do Cartaxo


Grande ausente do VIII Triatlo da Calheta foi o triatleta do Clube Naval da Calheta, Ricardo Gouveia, que na sequência de prévio apuramento, participou no Duatlo Cidade do Cartaxo, prova que sagrava o campeão nacional de Duatlo.

Infelizmente o triatleta teve de abandonar a prova, prova na qual o triatleta regional Tiago Silva renovou o título de campeão nacional de duatlo na categoria sub-23.





Centena e meia competiram no Triatlo da Calheta


Decorreu na manhã do domingo a VIII edição do Triatlo da Calheta, a mais antiga prova regional da modalidade. Contando uma vez mais com um dia propício para a prática desta modalidade. A prova da zona oeste decorreu com a adesão de muitos participantes, que ultrapassaram a centena e meia de atletas, incluindo aqueles que competiram no II Triatlo Jovem.
A prova foi organizada pela Delegação da Madeira da Federação de Triatlo de Portugal, em conjunto com o Clube Naval da Calheta, contando com os apoios da Câmara Municipal da Calheta, Coca-Cola/Powerade e Leça&Fernandes.

Na prova principal, a vitória foi para Filipe Baptista (Ludens de Machico), seguindo de perto pelo seu colega de equipa Duarte Mendonça, Ricardo Paixão (Clube Naval da Calheta) foi 3º, enquanto Carlos Duarte Nóbrega (Andorinha) era 4º classificado e Paulo Margarido (Ludens de Machico) fechava o top-5 absoluto.

Por escalões, Celso Nóbrega (Clube Naval do Funchal) foi o melhor nos juniores, Filipe Baptista acumulou a vitória absoluta com a do escalão sub-23, Duarte Mendonça dominou nos seniores, Paulo Margarido nos veteranos I, enquanto no competitivo escalão de veteranos II Joaquim Fernandes (Andorinha) bateu Francisco Viveiros (Clube de Montanha do Funchal), com Adelino Carvalho (Ludens de Machico) a vencer nos veteranos III.

Na classificação absoluta das senhoras, saíu vencedora Cristina Perestrelo (Clube Naval da Calheta), seguida de Ana Paula Rodrigues (individual) e de Raquel Franco (Clube de Atletismo do Funchal).

Relativamente às estafetas, a equipa “Just for Fun” voltou a vencer (Pedro Sousa/Bruno Canha/Dario Gonçalves), seguida duma equipa do CCD da Câmara Municipal do Funchal, com uma estafeta mista do Andorinha na 3ª posição.

Colectivamente, o Ludens de Machico dominou, com o Clube de Futebol Andorinha na 2ªposição, e o Clube Aventura da Madeira no 3º posto.


PROVA JOVEM

Paralelamente, disputou-se a 3ª etapa do Circuito Regional Jovem, o II Triatlo Jovem da Calheta, que reuniu atletas das escolas de formação do Ludens de Machico, Andorinha e do Clube Naval da Calheta.

Nos benjamins femininos, domínio de Lisandra Alves (Ludens), seguida de Ana Sofia Henriques (Andorinha) e Eduarda Catanho (Ludens). Nos benjamins masculinos, Nuno Vieira (Ludens) venceu, seguido do seu companheiro de equipa Nuno Câmara, com Martim Fernandes (Andorinha) na 3ª posição.

Nos Infantis femininos, domínio das atletas da casa, com Jessica Calaça e Daniela Ascenço (ambas do Clube Naval da Calheta), enquanto no mesmo escalão mas no sector masculino venceu Filipe Oliveira (Ludens), seguido de Paulo Pinto (Andorinha) e Diogo Nóbrega (Andorinha).

Já nos iniciados, Sílvia Menezes, Cristina Costa e Daniela Vieira formaram o pódio (todas do Ludens), com os seus companheiros de equipa Micael Franco e Ivan Roxo a serem os melhores nos masculinos.

Nos juvenis, Marisa Alves venceu Carla Vieira (ambas do Ludens), enquanto na prova masculina assistiu-se a uma grande disputa entre Bernardo Martins e João Costa (Ludens), com o seu colega de equipa Diogo Lopes na 3ª posição.
Comunicação Social:
Rádio Calheta, 24/06/2008:

Centena e meia competiram no Triatlo da Calheta

Filipe Baptista foi o vencedor

Clube Naval da Calheta com prestação positiva
Teve lugar no último Domingo a VIII edição do Triatlo da Calheta, a mais antiga prova regional da modalidade. Contando uma vez mais com um dia propício para a prática desta modalidade, a prova da zona oeste decorreu com a adesão de muitos participantes, que ultrapassaram a centena e meia de atletas, incluindo aqueles que competiram no II Triatlo Jovem.
A prova foi organizada pela Delegação da Madeira da Federação de Triatlo de Portugal, em conjunto com o Clube Naval da Calheta, contando com os apoios da Câmara Municipal da Calheta, Coca-Cola/Powerade e Leça&Fernandes.
Na prova principal, a vitória foi para Filipe Baptista (Ludens de Machico), seguindo de perto pelo seu colega de equipa Duarte Mendonça. Ricardo Paixão (Clube Naval da Calheta) foi 3º, enquanto Carlos Duarte Nóbrega (Andorinha) era 4º classificado e Paulo Margarido (Ludens de Machico) fechava o top-5 absoluto.
Por escalões, Celso Nóbrega (Clube Naval do Funchal) foi o melhor nos juniores, Filipe Baptista acumulou a vitória absoluta com a do escalão sub-23, Duarte Mendonça dominou nos seniores, Paulo Margarido nos veteranos I, enquanto no competitivo escalão de veteranos II Joaquim Fernandes (Andorinha) bateu Francisco Viveiros (Clube de Montanha do Funchal), com Adelino Carvalho (Ludens de Machico) a vencer nos veteranos III.
Na classificação absoluta das senhoras, saíu vencedora Cristina Perestrelo (Clube Naval da Calheta), seguida de Ana Paula Rodrigues (individual) e de Raquel Franco (Clube de Atletismo do Funchal).
Relativamente às estafetas, a equipa “Just for Fun” voltou a vencer (Pedro Sousa/Bruno Canha/Dario Gonçalves), seguida duma equipa do CCD da Câmara Municipal do Funchal, com uma estafeta mista do Andorinha na 3ª posição.
Colectivamente, o Ludens de Machico dominou, com o Clube de Futebol Andorinha na 2ªposição, e o Clube Aventura da Madeira no 3º posto.
PROVA JOVEM
Paralelamente, disputou-se a 3ª etapa do Circuito Regional Jovem, o II Triatlo Jovem da Calheta, que reuniu atletas das escolas de formação do Ludens de Machico, Andorinha e do Clube Naval da Calheta.
Nos benjamins femininos, domínio de Lisandra Alves (Ludens), seguida de Ana Sofia Henriques (Andorinha) e Eduarda Catanho (Ludens).
Nos benjamins masculinos, Nuno Vieira (Ludens) venceu, seguido do seu companheiro de equipa Nuno Câmara, com Martim Fernandes (Andorinha) na 3ª posição.
Nos Infantis femininos, domínio das atletas da casa, com Jessica Calaça e Daniela Ascenço (ambas do Clube Naval da Calheta), enquanto no mesmo escalão mas no sector masculino venceu Filipe Oliveira (Ludens), seguido de Paulo Pinto (Andorinha) e Diogo Nóbrega (Andorinha).
Já nos iniciados, Sílvia Menezes, Cristina Costa e Daniela Vieira formaram o pódio (todas do Ludens), com os seus companheiros de equipa Micael Franco e Ivan Roxo a serem os melhores nos masculinos.
Nos juvenis, Marisa Alves venceu Carla Vieira (ambas do Ludens), enquanto na prova masculina assistiu-se a uma grande disputa entre Bernardo Martins e João Costa (Ludens), com o seu colega de equipa Diogo Lopes na 3ª posição.
Diário de Notícias, 24/06/2008:

Triatlo na Calheta
A VIII edição do Triatlo da Calheta reuniu este domingo centena e meia de atletas. Na prova principal, a vitória foi para Filipe Baptista (Ludens de Machico). Por escalões, Celso Nóbrega (Clube Naval do Funchal) foi o melhor nos juniores, Filipe Baptista acumulou a vitória absoluta com a do escalão sub-23, Duarte Mendonça dominou nos seniores, Paulo Margarido nos veteranos I, Joaquim Fernandes nos veteranos II, com Adelino Carvalho (Ludens de Machico) a vencer nos veteranos III.
Na classificação absoluta das senhoras, a vencedora foi Cristina Perestrelo (Clube Naval da Calheta). Relativamente às estafetas, a equipa "Just for Fun" voltou a vencer (Pedro Sousa/Bruno Canha/Dario Gonçalves). Colectivamente, o Ludens de Machico dominou, com o Clube de Futebol Andorinha na 2ªposição, e o Clube Aventura da Madeira no 3º posto. Paralelamente, disputou-se o II Triatlo Jovem da Calheta, que reuniu atletas das escolas de formação do Ludens de Machico, Andorinha e CN da Calheta.
Paulo Vieira Lopes
Jornal da Madeira, 29/06/2008:

8.ª Edição do Triatlo da Calheta ultrapassou a centena e meia de participantes
Mais antiga prova regional muito concorrida
Na prova principal, a vitória foi para Filipe Baptista (Ludens de Machico), seguindo de perto pelo seu colega de equipa Duarte Mendonça. Ricardo Paixão (Clube Naval da Calheta) foi 3.º, enquanto que Carlos Duarte Nóbrega (Andorinha) era 4.º classificado e Paulo Margarido (Ludens de Machico) fechava o “top-5” absoluto.
Por escalões, Celso Nóbrega (Clube Naval do Funchal) foi o melhor nos juniores, Filipe Baptista acumulou a vitória absoluta com a do escalão sub-23, Duarte Mendonça dominou nos seniores, Paulo Margarido nos veteranos I, enquanto no competitivo escalão de veteranos II, Joaquim Fernandes (Andorinha) bateu Francisco Viveiros (Clube de Montanha do Funchal), com Adelino Carvalho (Ludens de Machico) a vencer nos veteranos III.
Na classificação absoluta das senhoras, saiu vencedora Cristina Perestrelo (Clube Naval da Calheta), seguida de Ana Paula Rodrigues (individual) e de Raquel Franco (Clube de Atletismo do Funchal).
Relativamente às estafetas, a equipa “Just for Fun” voltou a vencer (Pedro Sousa, Bruno Canha e Dario Gonçalves), seguida duma equipa do CCD da Câmara Municipal do Funchal, com uma estafeta mista do Andorinha na 3.ª posição.
Colectivamente, o Ludens de Machico dominou, com o Clube de Futebol Andorinha na 2.ª posição, e o Clube Aventura da Madeira no 3.º posto.
Paralelamente, disputou-se a 3.ª etapa do Circuito Regional Jovem — o 2.º Triatlo Jovem da Calheta —, que reuniu atletas das escolas de formação do Ludens de Machico, Andorinha e do Clube Naval da Calheta.
Nos benjamins femininos, domínio de Lisandra Alves (Ludens), seguida de Ana Sofia Henriques (Andorinha) e Eduarda Catanho (Ludens).
Nos benjamins masculinos, Nuno Vieira (Ludens) venceu, seguido do seu companheiro de equipa Nuno Câmara, com Martim Fernandes (Andorinha) na 3.ª posição.
Nos infantis femininos, domínio das atletas da casa, com Jéssica Calaça e Daniela Ascenção (ambas do Clube Naval da Calheta), enquanto que no mesmo escalão mas no sector masculino venceu Filipe Oliveira (Ludens), seguido de Paulo Pinto (Andorinha) e Diogo Nóbrega (Andorinha).
Já nos iniciados, Sílvia Menezes, Cristina Costa e Daniela Vieira formaram o pódio (todas do Ludens), com os seus companheiros de equipa Micael Franco e Ivan Roxo a serem os melhores nos masculinos.
Nos juvenis, Marisa Alves venceu Carla Vieira (ambas do Ludens), ao passo que na prova masculina assistiu-se a uma grande disputa entre Bernardo Martins e João Costa (Ludens), com o seu colega de equipa Diogo Lopes na 3.ª posição.
Jornal da Madeira, 23/06/2008:
Duarte Mendonça foi segundo classificado
Filipe Batista vence 2.ª etapa do Triatlo realizada na Calheta
Filipe Batista foi o grande vencedor da segunda etapa do Circuito regional de Triatlo, disputa ontem na Calheta. Tratou-se da 7.ª edição do Triatlo da Calheta a contar para o ranking regional. Duarte Mendonça foi segundo classificado, numa prova muito disputada e que contou com a presença de inúmero público a assistir. A jornada de Triatlo na Calheta contou ainda com um "aperitivo", dado que a anteceder a prova principal, também ali se realizou o 2.º Triatlo Jovem da Calheta, igualmente a contar para o Circuito Regional do escalão, no caso a terceira etapa da competição.
Diário Cidade, 26/06/2008:

Centena e meia competiram no Triatlo da Calheta
Contando uma vez mais com um dia propício para a prática da modalidade, terminou a VIII edição do Triatlo da Calheta, nada mais nada menos do que a mais antiga prova regional da modalidade.
A prova da zona Oeste, que foi organizada pela Delegação da Madeira da Federação de Triatlo de Portugal, em conjunto com o Clube Naval da Calheta, e contou com os apoios da Câmara Municipal da Calheta, Coca-Cola/Powerade e Leça&Fernandes, decorreu com a adesão de muitos participantes, que ultrapassaram a centena e meia de atletas, incluindo aqueles que competiram no II Triatlo Jovem.
Ricardo Paixão (Clube Naval da Calheta) foi 3º, enquanto Carlos Duarte Nóbrega (Andorinha)
foi 4º e Paulo Margarido (Ludens Clube de Machico) fechou o “top-5” absoluto.
Por escalões, Celso Nóbrega (Clube Naval do Funchal) foi o melhor nos Juniores, enquanto Filipe Baptista acumulou a vitória Absoluta com a do escalão “Sub-23”. Duarte Mendonça, esse, dominou nos Seniores, tendo Paulo Margarido se superiorizado nos Veteranos I, enquanto no competitivo escalão de Veteranos II Joaquim Fernandes (Andorinha) bateu Francisco Viveiros (Clube de Montanha do Funchal), com Adelino Carvalho (Ludens de Machico) a vencer nos Veteranos III.
Na classificação Absoluta das Senhoras, saiu vencedora Cristina Perestrelo (Clube Naval da Calheta), seguida de Ana Paula Rodrigues (Individual) e de Raquel Franco (Clube de Atletismo do Funchal).
Relativamente às estafetas, a equipa “Just for Fun” voltou a vencer (Pedro Sousa/Bruno Canha/Dario Gonçalves), seguida de um conjunto do CCD da Câmara Municipal do Funchal, com uma estafeta mista do Andorinha a terminar na posição mais baixa do pódio.
Colectivamente, o Ludens Clube de Machico dominou, com o Clube de Futebol Andorinha a ficar na 2ª posição e o Clube Aventura da Madeira no 3º posto.
Jovens também tiveram prova
Paralelamente, disputou-se a 3ª etapa do Circuito Regional Jovem, o II Triatlo Jovem da Calheta, que reuniu atletas das escolas de formação do Ludens Clube de Machico, Andorinha e do Clube Naval da Calheta.
Nos Benjamins femininos, domínio de Lisandra Alves (Ludens), seguida de Ana Sofia Henriques
(Andorinha) e Eduarda Catanho (Ludens).
Nos Benjamins masculinos, Nuno Vieira (Ludens) venceu, seguido do seu companheiro de equipa Nuno Câmara, com Martim Fernandes (Andorinha) a terminar na 3ª posição.
Nos Infantis femininos, domínio das atletas da casa, com Jessica Calaça e Daniela Ascenço (ambas do Clube Naval da Calheta), enquanto no mesmo escalão mas no sector masculino venceu Filipe Oliveira (Ludens), seguido de Paulo Pinto (Andorinha) e Diogo Nóbrega (Andorinha).
Já nos Iniciados, Sílvia Menezes, Cristina Costa e Daniela Vieira (todas elas do Ludens) formaram o pódio, com os seus companheiros de equipa Micael Franco e Ivan Roxo a serem os melhores nos masculinos.
Nos Juvenis, Marisa Alves (Ludens) venceu Carla Vieira, enquanto na prova masculina assistiu-se a uma grande disputa entre Bernardo Martins e João Costa (Ludens), com o seu colega de equipa Diogo Lopes na 3ª posição.